Estornos | Contabilista.pt

Estornos

Só existe uma simples definição de estorno, que é a seguinte: “um estorno é um lançamento destinado a anular ou a rectificar outro, ou a preencher uma lacuna”. Ou seja, quando cometemos um erro num dos processos contabilísticos (diário ou razão) temos que emenda-lo com um estorno. Existem vários motivos que levam a realização de um estorno, como por exemplo:

  • Omissão de lançamento (quando nos esquecemos de fazer um lançamento num diário, por exemplo.);
  • Duplicação de lançamento (quando lançamos duas ou mais vezes o mesmo acontecimento);
  • Inversão de contas (por exemplo, quando debitamos numa conta um valor que deveria ter sido creditado, ou ao contrario);
  • Alteração de quantias (quando lançamos um valor diferente daquele que deveríamos ter lançado).

Nestes casos apresentados não podemos simplesmente apagar aquilo que fizemos mal, temos que efectuar um estorno de maneira a corrigir o erro efectuado.

Quando o erro é realizado no diário, o estorno aparece-nos da forma mais simples, ou seja, fazemos o lançamento contrário àquele que esta errado e assim é como se tivéssemos anulado o erro. Posteriormente, não nos podemos esquecer de realizar o lançamento correcto.

Já no Razão pode-se efectuar dois tipos de erros, podemos passar um erro do diário para o razão ou somente no razão. No primeiro caso, temos de ter o cuidado de emendar o erro dos dois documentos ou então emendar quando estivermos a passar a informação do diário para o razão. No segundo caso, faz-se a rectificação unicamente no razão, esta rectificação será efectuada através de um traço de tinta com cor diferente sobre os elementos incorrectos, e com a mesma tinta faz-se corresponder ao elemento correcto.

Subscrever actualizações

rss

Comentários

  1. zacarias augusto do nascimento diz:

    OS MEUS COMPRIMENTO SOBRE A DICIPLINA QUE IREI ME ESCREVER



AVISO:Todos os artigos publicados no blogue contabilista.pt são puramente informativos e não podem ser confundidos com aconselhamento financeiro.